Personal assistant dá uma força para quem não consegue conciliar todas as atividades

Fonte: R7

Em mais uma reportagem da série Preciso de Ajuda, você vai conhecer o trabalho do Personal Assistant, que dá uma forcinha para quem não consegue conciliar trabalho, lazer e as demais atividades do dia a dia. Veja!

Especialista ensina como tirar umidade do ambiente e prevenir o mofo

Fonte: A Tribuna – Gabriela Lousada

Veja dicas para organizar os armários e evitar a proliferação de fungos e cheiros desagradáveis nas roupas

Com a chegada de uma nova estação, as roupas guardadas no fundo do armário, que há meses estavam esquecidas, voltam aos cabides. Se neste inverno você tirou o seu casaco favorito do guarda-roupas e percebeu odor ou manchas de mofo, não se desespere: é possível organizar o armário para se livrar da umidade.

De acordo com a house organizer da empresa de assistência de organização Personal Assistant, Heloisa Sundfeld, ventilar a casa é a primeira dica e a mais importante de todas para se livrar da umidade. “Abrir as cortinas e as janelas, deixar que o ar circule e que o sol entre na casa contribuem para a não formação de bolores e para diminuir a umidade”, explica.

Em cidades litorâneas, como as da Baixada Santista, a situação se agrava e tanto a umidade quanto o mofo estão mais propícios a aparecer. O bolor aparece quando há muita umidade no local. Um cheiro desagradável também indica a presença de mofo, mesmo que não exista nenhuma mancha visível.

Lavar as roupas que estão guardadas por um longo período, mesmo que não estejam sujas, também é essencial para manter a organização e limpeza do armário. “Todo início de estação, verifique as peças antes de guardar e lave as que foram usadas. Nunca guarde roupa usada de uma estação para outra para evitar surpresas desagradáveis”, explica Heloísa.

E se engana quem acredita que armazenar as peças em sacos plásticos previne a proliferação de fungos e bactérias. Na verdade torna mais propício o aparecimento dessas colônias

Veja dicas da especialista para tirar a umidade do ambiente e prevenir o mofo:

– Coloque no armário pedaços de giz armazenados em algum tipo de tecido com furinhos, como o tule, por exemplo. “O gesso do giz absorve a umidade e evita o mofo. “Se tiver muita umidade, o giz vai esfarelar, aí é preciso trocar com frequência. Esse é um método barato e eficiente”.

– Pedras de cânfora evitam o surgimento de mofo nos armários e deixam um cheiro gostoso nas roupas. Bolinhas de cedro também auxiliam na remoção da umidade.

– Para eliminar o cheiro de mofo das roupas, suco de limão em um balde com água funciona. “Pode deixar cerca de meia hora de molho e depois lavar normalmente. O cheiro de mofo vai embora”.

– Se já houver mofo, esvazie o armário, prepare uma solução de um litro de água para quatro colheres de vinagre e passe um pano umedecido nas partes internas dos armários. Deixe secar bem, de um dia pro outro, e só então recoloque de volta o que foi tirado. A especialista afirma que qualquer tipo de vinagre serve. “Geralmente utilizamos o branco, porque tem cheiro menos forte”.

– Se o mofo estiver nas paredes ou em artigos de madeira, aplique álcool em gel ou vinagre diluído com uma esponja macia e logo após passe um pano seco. O vinagre também serve para tirar manchas de mofo das roupas.

– Apesar de não evitar a umidade, sachês com cravo garantem um cheiro agradável nos armários e outros locais que ficam fechados. “Essa é uma opção mais em conta do que os sachês prontos que vendem por aí”.

Qual a melhor tábua de corte para cozinha

Escrevemos uma matéria para o site BBEL, onde falamos sobre de um utensílio fundamental da cozinha: a tábua de corte.

tabua

No artigo você vai saber:

  • Qual o tipo de tábua mais adequada
  • Dicas de uso
  • Como limpar as tábuas corretamente

Clique para conferir o artigo na íntegra.

,

Viagem dos sonhos: como torná-la realidade em três passos

Fonte: GNT – Globo.com | Por Pollyana de Moraes

A segunda edição da websérie “Qual o tamanho do seu sonho?” trata de um tema especial para todo mundo, mas todo mundo mesmo. Afinal, quem aí não gosta de viajar ou, pelo menos, de curtir um tempo longe dos lugares comuns?

Como a realidade – por melhor que possa ser – não tem nada de sonhadora, resolvemos buscar com quem entende do assunto as melhores dicas para fazer aquele sonho de viagem sair do pensamento e levantar voo. Confira nossa lista abaixo.

1) Budget de olho no destino

item-1Segundo a Associação Brasileira de Viagens (Abav), os três destinos mais procurados por quem visita o exterior  pela primeira vez sãoEstados Unidos, Argentina e França, cada país com uma moeda diferente e mercados de turismo bem distintos. Para quem busca conhecer um dos três ou tem outros lugares em mente, a principal dica é planejar o orçamento com antecedência, já de olho na expectativa de gastos e na conversão da moeda. Outro lembrete! Obter passaporte e vistos também demandam gastos que, juntos, podem somar mais de R$ 400.

Já as passagens aéreas, como informa a Abav, podem ser compradas com até um ano de antecedência do embarque, tempo suficiente para quitar possíveis parcelas até o dia do voo. No mais, vale a pena criar uma reserva mensal exclusiva para essas despesas, dependendo, claro, do tipo de viagem que se tem em mente

2) Checklist em dia = viagem tranquila

item-2Para que a experiência de viajar não perca  o encanto, é preciso muita organização. Depois das tarefas básicas que citamos acima, o melhor a fazer é criar uma checklist para não deixar nada sair do radar. A personal assistant Heloisa Lucia Sundfeld, especialista no assunto, diz o que não pode faltar na lista: 1- Duração da viagem; 2- Valor disponível para gastar no total do “projeto” e por dia; 3- Locais para conhecer; 4- Número de dias em cada lugar; 5- Reserva de hotéis feita com antecedência; 6- Passagens internas e aluguel de carro; 7- Ingressos e passeios; 8- Separação do que foi pago e do que ainda falta pagar.

Já para quem prefere fechar um pacote com uma agência de viagens, é fundamental ficar de olho nas condições de pagamento e em cada detalhe do contrato: alterações em datas e horários podem gerar multas? O pacote oferece seguro? Os passeios de interesse estão contemplados?Não viaje com dúvidas! Qualquer contratempo que podia ter sido evitado pode acabar saindo caro.

3) Um pé no sonho, outro na realidade

item-3Tudo deu certo e, de repente, você já está tirando fotos na torre Eiffel num dia ensolarado? Ok, pode curtir o sonho realizado, mas não se esqueça de que a vida normal estará de volta em breve. “Muitas vezes, preferimos usar o cartão de crédito à vontade. Nesse caso devemos já deixar separado um valor para o pagamento, para não acumular dívidas e ter que pedir um empréstimo para saldar a fatura”, avisa a personal assistant Heloisa Lucia Sundfeld.

Saiba como manter sua casa organizada

Manter os utensílios que você usa no dia a dia em lugar de fácil acesso ajuda a manter o lar em ordem

Fonte: Revista ZAP

A vida de quem trabalha fora e tem a responsabilidade de cuidar da casa é tão corrida que manter o imóvel organizado pode ser uma maneira de economizar tempo. Um guarda-roupa desarrumado, por exemplo, requer muitos minutos a mais na hora de se aprontar para sair. Manter o lar em ordem parece tarefa difícil, mas algumas medidas simples podem ajudar a diminuir o desgaste desta exaustiva rotina.

 

girl (8-9) sitting on the kitchen counter top and watching her mother put away dishes

Mantenha em local de fácil acesso os utensílios de cozinha que você utiliza no dia a dia (Fotos: Banco de Imagens/Think Stock)

De acordo com a consultora Heloisa Sundfeld, o primeiro passo para manter a casa em ordem é planejar o local exato de cada coisa. Além disso, é preciso criar um hábito que é muito importante para a organização: “Tudo o que for retirado do lugar, deve voltar para onde estava. Assim nunca fica a dúvida de onde o objeto foi deixado”, ensina a profissional.

Chave do carro, por exemplo, é algo comum de se perder dentro de casa, principalmente quando o veículo é de uso comum da família. “O recomendado é ter um lugar especial para colocá-la toda vez que entrar em casa. O local pode ser um porta-chaves aplicado na parede ou até mesmo uma vasilha bonita ao lado da porta de entrada. O importante é lembrar sempre de deixá-la no ambiente escolhido”, orienta Heloisa.

Tenha no banheiro um item extra de tudo o que você usa para poder fazer a reposição assim que o produto acabar

Tenha no banheiro um item extra de tudo o que você usa para poder fazer a reposição assim que o produto acabar

 

Cozinha – “Tudo o que a pessoa usa em sua rotina precisa ficar em um local de fácil acesso”, orienta a profissional. Copos de água, por exemplo, devem ficar sempre perto do filtro ou da geladeira, assim como todos os utensílios de cozinha perto do fogão para facilitar e agilizar o preparo das refeições.

Deixe os utensílios mais usados à mão e tudo o que utilizar somente em ocasiões especiais pode ficar em um lugar mais alto. “Refratários e panelas que não fazem parte do dia a dia podem ficar guardados em uma prateleira mais distante”, diz a profissional. Aquela louça especial e o cristal que você só usa em dia de festa podem ficar dentro da caixa, protegidos em um armário. “Assim que forem usados, eles devem ser lavados e já podem voltar à embalagem”, recomenda.

Despensa – Disponibilizar os mantimentos em um armário ajuda a mantê-los organizados. “Se possível, deixe as caixas e pacotes de alimentos e demais produtos já abertos em um local ou prateleira separada, evitando abrir dois iguais ao mesmo tempo”, aconselha a consultora. Outra dica importante é criar uma lista dos itens que precisam ser repostos. O velho e bom bloco de notas deve estar à vista, com uma caneta ao lado.

 Armário de roupa – As vestimentas mais utilizadas devem estar localizadas em uma parte mais prática do armário. As roupas de festas e as que forem de uma estação oposta devem ser guardadas em locais diferentes para evitar a bagunça. Heloisa recomenda que o guarda-roupa seja organizado por assuntos. “Coloque vestido com vestido, blusas com blusas e assim por diante. Desta maneira é mais rápido para se arrumar, pois não é preciso procurar calças entre as camisas.”

“Ao chegar em casa e trocar de roupa, já coloque as peças usadas no cabide ou as ponha para lavar. Assim, ao se vestir na manhã seguinte, você retira do armário o visual do dia e já devolve para o guarda-roupa o da noite anterior”, sugere a organizadora.

 Sapateira – A maneira indicada por Heloisa para guardar os sapatos é interessante. Muitas pessoas guardam os pares juntos, na mesma prateleira. “Minha sugestão é de que se coloque lado a lado todos os modelos do pé direito e os seus pares logo atrás”, indica. Após usar um par, devolva-o .

Após experimentar ou usar os sapatos, guarde-os em local adequado para evitar a bagunça

Após experimentar ou usar os sapatos, guarde-os em local adequado para evitar a bagunça

Banheiro – Faça um pequeno estoque com um item de cada produto, como um sabonete a mais, xampu e papel higiênico, entre outros. “É muito desagradável começar a escovar os dentes, por exemplo, e notar que a pasta acabou e não há outra nova no ambiente para repô-la”, diz Heloisa. Portanto não esqueça: sempre que tirar algo da reposição, recoloque outro no lugar.

 Livros, DVDs e CDs – O critério de organização desses itens varia de pessoa para pessoa. Há quem prefira separá-los por ordem alfabética. Outros por temas e assuntos. “Existe no mercado torres para guardar os CDs e DVDs que abrigam muitas caixinhas e são ótimas para quem tem pouco espaço. Quem tiver um ambiente maior pode optar por um projeto com o marceneiro e criar um compartimento com divisórias”, diz Heloisa.

Tempo é dinheiro. Organize-se

Fonte: Revista Meu Próprio Negócio

materia-mpn-dezembro-01 materia-mpn-dezembro-02 materia-mpn-dezembro-03 materia-mpn-dezembro-04

Tudo em ordem

Fonte: Jeanine Lemos – Colaboração para Folha de São Paulo

Você come no quarto, tira a roupa na sala e deixa as crianças espalharem brinquedos pelos cômodos? Tudo bem: há estratégias e objetos que ajudam a manter a casa arrumada sem desrepeitar os hábitos dos moradores

É gostoso chegar em casa, jogar o sapato longe, o casaco na cadeira, a bolsa no chão. Difícil abrir mão desse prazer em nome de uma sala impecável. Mas dá para deixar tudo em ordem sem comprometer a espontaneidade no uso dos espaços.
É preciso ir por partes na hora de organizar a casa. Esvaziar o guarda-roupa todo de uma vez pode transformar disposição em arrependimento. Para Heloisa Lúcia Sundfeld, expert em organização, o melhor é ter metas realistas, e ir aos poucos.

Sala
Um cabideiro de chão ou de parede, ao lado da porta, resolve o problema de bolsas e jaquetas jogadas no sofá, recomenda a especialista em organização Viviane Santa Vicca. Para evitar cartas e contas espalhadas pelo aparador, reserve uma caixa só de correspondência.

Escritório
Pastas decoradas ajudam a domar as pilhas de papéis que costumam dominar a paisagem do escritório caseiro. Uma parede pintada com tinta imantada pode centralizar os lembretes, presos com ímãs. Para a parafernália tecnológica, como carregadores, adaptadores e afins, use caixas etiquetadas.

Quarto
Quem gosta de tomar água ou chá antes de dormir precisa ter bandeja ao lado da cama. E, para combater a falta de espaço, no armário, vale a separação de roupas por estação. No verão, as pesadas vão para uma caixa, na parte de cima. No inverno, shorts e biquínis ficam na caixa e as peças de lã voltam às gavetas. Sacos com sistema de sucção, os “space bags”, diminuem o espaço ocupado por edredons e colchas. Lojas como a OZ! Organize sua Vida e a Espaço Home vendem os sacos, e os preços vão de R$ 35 a R$ 250.

Cozinha
O excesso de utensílios e potes de plástico velhos prejudica qualquer tentativa de manter a cozinha em ordem. “O pior é que as peças de plástico perdem a validade com a ação da água e de produtos de limpeza”, diz a especialista em organização Cristina Papazian.
Divisórias nas gavetas evitam a mistureba e facilitam na hora de procurar alguma peça.

Lavanderia
Organizadores de sapatos para pendurar na parede, de lona, servem para guardar panos, luvas e esponjas. Baldes coloridos, cestos de roupa decorados e ganchos nas portas, para pendurar vassouras, podem dar mais leveza ao espaço.

Quarto da criança
Caixas, cestos e baús resolvem a bagunça dos brinquedos. Nas gavetas, as camisetas ficam guardadas em forma de rolinhos, uma ao lado da outra, com a estampa para cima, para que a criança escolha uma sem bagunçar todas as outras.

Banheiro
Maquiagem costuma causar a maior confusão no banheiro. Uma maleta profissional resolve a bagunça e protege os produtos da umidade.

Workshop “De bem com o Armário, Feliz com o Espelho”

Vejam as imagens do Workshop realizado pela nossa consultora Sylvia. Tivemos oportunidade de tirar dúvidas e surpreender com novidades. Se precisarem de alguma informação, entre em contato conosco.

Veja como organizar a mudança de uma forma organizada

Na matéria que saiu na Gazeta no Mato Grosso, nossa especialista ensina formas de deixar tudo em ordem sem enlouquecer.

Veja a matéria de como organizar a mudança completa.