Dia Internacional da Mulher

No pêndulo dos dias, oscila o humor, a garra, a força, mas ela mantém a fé.
Range a alma, mas ela continua.
Sorri a alma, e ela se empodera.
Seja o que possa acontecer, a alma feminina esta ao alcance de todas as possibilidades.
Camaleônica.
Absurda.
Dentro e fora.
Em todas as formas a Mulher é.
É a forma perfeita de Deus nos dizer que podemos continuar a vida, mudar o rumo e aprender todos os dias e mais e mais e ainda mais.
Feliz Ser Mulher!
Das meninas da Help pra você, porquê organizar também é um ato de amor (e de camaleonice).

CURSO PERSONAL ORGANIZER


                                   

 Você poderá fazer todos os módulos ou escolher os módulos que desejar.

Valor promocional para os quatro módulos: R$ 900,00 à vista ou R$ 1.000,00 em duas vezes: 50% à vista e 50% trinta dias

Inclue coffee break e Certificado

O workshop será ministrado pelas Personal Organizers:

Heloisa Sundfeld
Graça Seleghin
Regina Sundfeld



Mais informações
(11) 99996-5321  / 9.819-33931 (WhatsApp)
personalassistant@personalassistant.com.br

Local: São Paulo (Perdizes, próximo à PUC),SP

,

Como limpar bichos de pelúcia

Fonte: BBEL

Os bichos de pelúcia são fofos e realmente dão toque alegre ao cantinho onde estão. Mas por causa dos materiais, eles sujam facilmente e podem acumular ácaros. Você sabe qual a maneira correta de lavar, secar e o que não devemos fazer com as pelúcias? Veja abaixo dicas para a limpeza.

Lavagem na máquina

  • Primeiro passo: certifique-se de que o brinquedo não tem pilhas ou baterias e também se na etiqueta consta alguma restrição ao processo de lavagem.
  • Retire todos os detalhes que podem se desprender.
  • Coloque dentro de um saquinho para lavagens delicadas ou dentro de uma fronha presa com um nozinho.
  • Selecione na máquina a opção para lavagem delicada e não use água quente.
  • Sabão em pó utilizado no dia a dia ou detergente neutro podem ser utilizados normalmente

Lavagem à mão

  • Retire roupinhas e adjacentes que são delicados.
  • Prepare em um balde uma mistura de água (fria ou temperatura ambiente) com sabão neutro, de coco ou até mesmo shampoo infantil.
  • Nunca coloque a pelúcia diretamente no balde.
  • Mergulhe uma escova delicada e macia ou um pano na solução e passe no bichinho quantas vezes achar necessário. Nas partes com menos sujeira, passe somente a mão com a água e sabão. Evite encharcar.
  • Dê uma leve torcida e coloque para secar.
  • Secagem – Tanto na maquina quanto à mão, os bichinhos nunca deverão ficar expostos ao sol, pois existe grande chance de proliferação de ácaros e bactérias que adoram calor.
  • O correto é pendurá-lo em um local arejado e com sombra, por mais que o processo de secagem demore um pouco mais.

Dicas para lavar pelúcia

  • Durante a lavagem não misture os bichinhos de cores muito diferentes.
  • Nunca utilize produtos à base de cloro.
  • Se eles ficarem expostos em prateleiras ou em cima da cama passe o aspirador regularmente.
  • Se tiver crianças alérgicas em casa, procure lavar mensalmente.

 

,

Como organizar o canto de estudos das crianças

Fonte: Morar Kallas
cantinho1

Ter um espaço dedicado ao estudo, mesmo que simples, é uma boa ideia para motivar as crianças a fazer a lição de casa. Munido de todos os elementos que precisa, o pequeno ou pequena ficará confortável e, principalmente, focado em seus trabalhos escolares.

Embora as necessidades variem, a mesa e a cadeira são itens básicos para o “escritório” do seu filho. Livros, revistas e utensílios de papelaria, como cadernos, canetas e lápis de cor também costumam povoar o ambiente, além de um computador, é claro. “Para acomodar todos estes objetos, o canto de estudos pode ter nichos organizadores ou prateleiras próximas, com fácil acesso aos garotos”, afirmou a arquiteta Maria Helena Torres.

A personal organizer Priscila Saboia, da empresa Reorganize, incrementa a lista, apostando também no uso de caixas plásticas e cestos para ajudar a manter tudo em ordem. “Quando você coloca cada coisa em seu lugar e a criança vai utilizando essa regrinha desde pequena, ela cresce mais organizada”, afirmou ela.

cantinho1
Móveis ergonômicos e que respeitam o tamanho da criança garantem o conforto na hora de estudar (fotos: divulgação / Maria Helena Torres Arquitetura e Reorganize)

Para crianças menores, a arquiteta recomenda acrescentar itens lúdicos, como um quadro com giz ou uma mesa com papel bobina encaixado na superfície.

Cuidados

Independentemente do nível da lição, o maior obstáculo de muitos jovens nas tarefas de casa é manter-se focado. E um erro comum que muitos pais cometem é escolher mal o cômodo onde ficará o centro de estudos.

Locais agitados, com acesso à televisão ou com passagem constante devem ser evitados. Brinquedos e videogames também são grandes inimigos neste ponto. Para Maria, o quarto muitas vezes é visto como o lugar ideal, já que, além do silêncio, também é o cômodo onde os pequenos se sentem mais seguros.

Peças desproporcionais ao tamanho do seu filho também costumam causar muitos problemas, e o desconforto pode dificultar seus estudos. “Escolha uma mesa com altura condizente com o tamanho da criança. A cadeira deve ser ergonômica. Escolha um abajur que proporcione uma claridade adequada, caso ele tenha que estudar quando escurecer”, alertou a Personal Organizer Heloisa Sundfeld, fundadora da HELP Personal Assistant.


Iluminação

cantinho2
Receber luminosidade natural é importante para o cômodo de estudos (foto: divulgação / Maria Helena Torres Arquitetura e Reorganize)

Outro detalhe que muitas vezes passa despercebido é a iluminação. Durante o dia, é importante contar ao máximo com a luz natural, tanto para economia quanto para o bem-estar da criança. Então, posicionar o centro de estudos próximo às vidraças é uma boa ideia para captar toda a força do sol. “A claridade deve vir pela frente ou pelo lado esquerdo dos destros ou direito dos canhotos a fim de evitar as sombras”, disse a arquiteta.

Já à noite, além da luz geral do cômodo, também é interessante criar um ponto de iluminação indireta, instalando uma luminária, por exemplo. O foco luminoso deve ser pontual e não muito forte.

Cores

Embora pareça um fator indiferente, a cor do quarto da criança também pode interferir em seu rendimento escolar. Para Renata Cáfaro, arquiteta, o ideal é usar cores neutras e claras, evitando o excesso de informações no ambiente. Maria concorda e indica o amarelo como cor ideal para o cômodo de estudos. “ Além de estimular o sistema nervoso central, este tom serve como um estimulante intelectual”, concluiu.

Foto de capa: divulgação /Maria Helena Torres Arquitetura

,

12 dicas para organizar amudança de casa sem dor de cabeça

Artigo publicado no UOL Mulher – Categoria Casa e Decoração. Confira:

Screen Shot 2013-09-25 at 4.35.27 PM


1) Para mudar de casa sem estresse é preciso se organizar com antecedência. Assim que a data da mudança for definida, reserve uma semana para empacotar os objetos de cada cômodo. Dessa forma, tal etapa será realizada com calma, sem correria. Por exemplo, se sua casa atual possui dois quartos, um ambiente com sala de estar e jantar, um banheiro, uma cozinha e uma área de serviço, serão necessárias idealmente seis semanas para colocar tudo em caixas. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.35.40 PM


2) Para não ter problemas com a disponibilidade de datas, inicie a pesquisa e solicite orçamentos a empresas de transporte com cerca de três meses de antecedência em relação ao dia da mudança. Peça indicações e referências a amigos e conhecidos. Antes de fechar o contrato de serviço com determinada empresa, certifique-se do limite de caixas e volumes acordado. Também cheque se, no custo do transporte, estão inclusos o seguro do que será transportado e os materiais para embalar como plástico bolha, caixas e outros itens. É essencial discriminar no contrato o que será coletado. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.35.47 PM


3) Antes de começar efetivamente a empacotar, faça uma lista com os itens que pretende levar para a nova residência. Nesse levantamento, verifique se há na futura casa espaço suficiente para tudo o que listou. Separe roupas e sapatos não são usados como também móveis, objetos e eletrodomésticos que não serão aproveitados. Assim, você determina aquilo que irá manter e o que pode vender ou doar. (Fonte: Heloisa Lucia Sundfeld, empresária e personal assistant)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.35.53 PM


4) Caso os materiais para empacotar não sejam providenciados pela empresa de transporte como parte do valor do serviço, é preciso adquirir alguns itens essenciais: caixas, canetas do tipo pincel atômico, plástico bolha, fita adesiva e etiquetas. As aberturas das caixas, tanto em cima como embaixo, devem ser bem fechadas com fita adesiva, para que não abram ao serem carregadas. Escreva a palavra “frágil” naquelas que acondicionarem os objetos delicados e faça setas indicando o lado de cima. Desse modo, não há risco das caixas serem transportadas do lado errado. (Fonte: Heloisa Lucia Sundfeld, empresária e personal assistant)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.35.58 PM


5) Para empacotar os objetos da casa, prefira as caixas menores ou as de tamanho médio como aquelas usadas para transportar um micro-ondas novo. As de tamanho grande podem ficar muito pesadas ao serem preenchidas, o que acaba dificultando a remoção. Não desmonte os móveis que possam ser carregados e caibam por inteiro dentro do caminhão de transporte. Converse com a empresa contratada para definir o que realmente precisa ser desmontado. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.03 PM


6) Como o ideal é empacotar com antecedência os objetos de cada cômodo, comece sempre com os itens menos usados. Para não precisar especificar em cada caixa, objeto por objeto, agrupe famílias de itens semelhantes, por exemplo, em uma, coloque apenas panelas e em outra, os aparelhos de jantar. Para que, no dia da mudança, a caixa seja colocada no respectivo ambiente, imprima uma planta baixa da nova residência e pinte cada área ou cômodo de uma cor. Então, sinalize cada caixa com a cor correspondente ao cômodo da casa a que os objetos empacotados se destinam. Se você tem filhos pequenos, outra dica é repassar essa tarefa a eles. Pode ser uma atividade divertida para as crianças, apenas mantenha-se próximo e supervisione-os para evitar acidentes ou confusões. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.08 PM


7) A fim de proteger objetos delicados como espelhos, porcelanas e taças durante o transporte, o ideal é embalá-los individualmente usando plástico bolha. Para que peças grandes (geladeira, fogão e televisão, por exemplo) não “ganhem” arranhões após a mudança, preserve-as enrolando-as em mantas ou até mesmo em cobertores velhos. Geralmente, as empresas de transporte disponibilizam essas mantas, por isso, confira se o serviço inclui esse material. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.13 PM


8) Na semana anterior à data da mudança, solicite a transferência dos serviços como telefone, TV por assinatura e internet para o novo endereço. Também é importante pedir a alteração de titularidade do serviço de energia elétrica da futura residência, bem como o novo endereço nas empresas de assinatura de jornais e revistas e em bancos e empresas de cartão de crédito, por exemplo. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.18 PM


9)Por uma questão de segurança, caso possua joias, carregue-as com você no dia da mudança. Em caso de obras de arte ou antiguidades, é aconselhável fotografá-las, para que fique documentado o estado de cada peça. Ainda sobre essa situação específica, uma atitude precavida é contratar uma empresa que seja especializada no transporte desse tipo de objeto. (Fonte: Heloisa Lucia Sundfeld, empresária e personal assistant)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.23 PM


10) Quando estiver empacotando os itens dos quartos, lembre-se de separar uma pequena mala com duas trocas de roupa, um jogo de cama e um de banho para cada membro da família. Coloque em uma caixa itens de higiene pessoal para cada familiar, assim como um pequeno suprimento de papel higiênico, papel toalha, pano de prato, detergente e esponja de cozinha. E em outro recipiente, reserve alguns alimentos e água. Todos esses objetos podem ser solicitados no correr da mudança, por isso, é importante tê-los à mão. (Fonte: Heloisa Lucia Sundfeld, empresária e personal assistant)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.28 PM


11) Na semana anterior à mudança, tente consumir ao máximo os alimentos que já estão abertos na geladeira e faça uma limpeza geral na nova casa. Nesse mesmo período, cheque se as tomadas, torneiras e descargas do imóvel a ser ocupado estão funcionando. No dia da mudança, o dono ou dona da casa deve coordenar o carregamento feito pela empresa de transporte, enquanto outra pessoa da família ou um amigo deve permanecer na nova residência, checando o que está sendo descarregado. (Fonte: Cristina Papazian, organizadora profissional)

Screen Shot 2013-09-25 at 4.36.37 PM


12) Após finalizar o transporte e distribuir as caixas sinalizadas em seus respectivos cômodos, escolha um ambiente conforme sua prioridade e comece a desempacotar e a guardar os objetos. Não inicie a organização de vários cômodos ao mesmo tempo. O ideal é apenas começar a arrumação de um ambiente após finalizar o anterior. Não limpe cada item para depois armazená-lo, a exemplo de talheres, pratos, copos e outros objetos da cozinha. Primeiro organize a casa, para depois, com a residência funcionando, lavar e limpar o que demandar tal cuidado. Dessa forma, o trabalho rende e não há caos a sua volta. ( Fontes: Cristina Papazian, organizadora profissional, e Heloisa Lucia Sundfeld, empresária e personal assistant)

,

Como fazer sua mudança sem estresse

Fonte: Minha Área

Mudanças podem ser traumáticas, se você não se planejar e tomar algumas importantes precauções

mudança

A certa altura a empresária Patrícia Balbi começou a fotografar o movimento em seu novo apartamento, movida mais pelo medo do que interessada em postar fotos de sua mudança na internet. “É muita gente entrando e saindo de sua casa. A gente fica muito exposta e isso assusta”, conta, depois do estresse passado.

Realizar mudança de endereço não é tarefa simples. Para a empresária foram pelo menos três meses de trabalho e um dia D exaustivo e assustador.

Fugindo dos congestionamentos, a carioca Patrícia trocou a Barra da Tijuca, na zona oeste, pelo Flamengo, na zona sul, a menos de 10 minutos de sua empresa. Mais comodidade e qualidade de vida, só não contava com a via crucis que percorreria para sua instalação no novo apartamento. “Depois de tudo, só mudo daqui para o cemitério”, brinca.

Patrícia seguiu algumas das dicas de especialistas em mudanças: separou seus pertences em caixas identificadas e agrupadas por cômodos e armários, por exemplo.

“Levei o que pude em algumas viagens em nosso carro e contratei o serviço de uma transportadora para levar os móveis. Quando eles chegaram cada caixa estava onde cada armário seria instalado”, conta a empresária, que chegou a fazer uma planta baixa do novo apartamento para definir a localização de cada móvel e assim facilitar a arrumação.

A dica, recebida de amigos militares, com muita experiência devido as constantes transferências de endereço, valeu.

“No dia seguinte foi o meu aniversário e já pude receber alguns parentes. Mas, até hoje, tenho coisas para arrumar melhor. Os quadros, por exemplo, ainda estão no chão. Levei um mês para ter o ar-condicionado instalado, uma semana para a instalação do fogão novo e ainda não tenho a transferência de endereço junto ao banco e ao cartão de crédito. A gente acha que pode fazer esta parte pela internet, de modo fácil e rápido, mas não é bem assim”, desabafa.

Profissionais em arrumação

A brasileira Alessandra Maine retornou de Miami, onde morou por uma temporada, já com novo endereço certo, na Barra da Tijuca, no Rio. Veio com as duas filhas pequenas e apenas as roupas das malas. O restante voltou por transportadora.

Com as filhas instaladas em um sofá e mais de 120 caixas espalhadas pela casa nova, resolveu pedir a ajuda de uma especialista.

“Passei por muitas mudanças de endereço na vida, mas nenhuma como esta. Ter procurado uma profissional de arrumação foi a melhor coisa que fiz. Sozinha estaria arrumando a casa até hoje”, acredita.

Com a ajuda especializada, a residência estava arrumada em quatro semanas e com a empregada treinada para manter a ordenação das coisas como planejado pela personal organizer.

O principal benefício oferecido por estes profissionais é o conforto. No pacote de serviços, a possibilidade de sair de casa pela manhã e retornar no final do dia com, pelo menos, um cômodo completamente arrumado.

Pode-se optar pela contratação dos serviços com pré e pós mudança, o que significa uma ajuda para selecionar e descartar tudo aquilo que não se quer mais e empacotar somente o que tem real uso para seguir na mudança.

E, também, ter tudo ordenado por um especialista que deixará a casa impecável, como se fosse ser fotografada para uma revista de decoração.

Dicas de quem entende de arrumação

Heloisa Sundfeld, Personal Assistant, da House organizer, que atende ao mercado paulista, recomenda a contratação de acompanhamento pré e pós-mudança.

“Com ele o cliente não perde tempo nem se estressa com detalhes”, garante.

A especialista alerta para um detalhe importante, muitas vezes negligenciado, especialmente por marinheiros de primeira viagem.

“A primeira providência deve ser avisar a administradora que você se mudará na data prevista, pois em alguns casos eles descontam os dias após sua mudança. No caso de você ir para um apartamento próprio há a necessidade de avisar a nova administradora dos seus dados, para que o próximo condomínio já venha em seu nome”, orienta.

Nestes casos é comum a administradora exigir a escritura registrada em cartório. Para os imóveis alugados, é necessário o contrato de locação.

Ainda sobre o item condomínio. É importante verificar, com antecedência, e em ambos os condomínios, os dias e horários permitidos para mudanças e a possibilidade da reserva de um espaço para o caminhão de mudança em frente aos prédios.

Também é importante atentar para a possibilidade de içar móveis, o que precisa ser combinado com a transportadora e com os condomínios.

Mais que satisfazer, o objetivo dos organizadores profissionais é encantar os clientes. Samantha Stofel, que atua no mercado carioca, e além dos serviços oferece cursos para quem quer se tornar um profissional ou para quem apenas quer ganhar tempo e eficiência na arrumação de casa, tem como foco a otimização de espaços e a harmonização de ambientes.

“Minha proposta é impressionar e não há quem não goste de encontrar tudo limpo e arrumado, especialmente se esta casa é nova e você não precisou desfazer sequer uma caixa de mudança”, afirma.

Os seus serviços podem incluir desde os pacotes com pré e pós-mudança até o acompanhamento do empacotamento de todas as peças da casa, a seleção da transportadora, a limpeza da nova casa e a organização geral de todos os cômodos. Se já houver uma empregada contratada, é possível ainda contar com um treinamento para que ela mantenha a arrumação.

Para o dia D, Samantha dá uma dica preciosa: “Não leve nada de valor, dólar, joias, passaportes, porque haverá muita gente circulando em sua casa. Também deixe crianças e animais com os parentes, pois há muita poeira e confusão, o que os deixa estressados”, aconselha.

Precauções e planejamento

  • Veja o dia e o horário que pretende utilizar para sua mudança estão em acordo com os regulamentos Internos dos dois prédios, ou seja, do que está deixando e daquele para onde vai
  • Calcule se será possível concluir o transporte, a carga ou a descarga de todo o mobiliário e demais utensílios, nos dias e horários determinados pelos condomínios
  • Confira se há impedimentos ao estacionamento do caminhão, seja por feira livre, normas de trânsito, dificuldade natural de acesso etc.
  • Investigue se todos os bens poderão passar pelas portas (cujo modelo padrão costuma ter um vão livre de 0,70 cm de largura e 1,20 m de altura) e, em caso contrário, se tais objetos podem ser desmontados
  • Descubra se os elevadores comportam, em dimensões e peso, a sua mobília. Comunique a possibilidade de precisar içar pertences, dê uma ideia de quantidade e de peso aproximado de cada um deles
  • Antes de tudo, olhe o que tem, separe o que não usa mais e doe. Pense na casa nova, em seus cômodos e dimensões, planeje a disposição dos móveis. Isto facilitará a entrega de móveis e caixas e a posterior arrumação
  • É possível fazer o cancelamento do gás e a ligação no outro endereço para o mesmo dia; com relação à luz o melhor é programar o cancelamento para o dia seguinte à mudança e a ligação no novo endereço para um dia antes. Desse modo não há risco de ficar sem luz em nenhum dos dois locais
  • Com relação à TV a cabo e telefone, que normalmente estão juntos em um pacote, não dá para não ficar sem eles por alguns dias, pois é preciso pedir a transferência e a instalação ao mesmo tempo, e nunca se sabe quanto tempo as empresas levarão para fazer o serviço
  • Com as editoras (caso seja assinante de algum jornal ou revista), com as seguradoras e os bancos, faça a atualização de seus dados com, pelo menos, um mês de antecedência. Isto evitará transtornos com relação à entrega de correspondências ou contas
  • Avalie a necessidade de contratar pintores, eletricistas, marceneiros etc. Pense na retirada e na instalação de fogão, chuveiros, aquecedores, máquina de lavar roupas, antenas, condicionadores de ar, micro-ondas, freezers e cortinas
  • Ao fazer a pesquisa das empresas de mudança verifique se são idôneas, se oferecem seguro sobre os objetos a serem transportados e se tem licença especial para transitar em horários de maior movimento. Com a restrição de circulação dos caminhões em horário de pico, muitas vezes o período se torna muito pequeno para a mudança, o que as tornam mais interessantes
  • Na semana da mudança, comece a esvaziar a geladeira e deixe apenas alimentos suficientes para os próximos dias, faça cópia de segurança de seus arquivos do computador, reserve um cômodo para colocar as caixas já fechadas, mande para a lavanderia cortinas, tapetes e almofadas.
  • Providencie caixas de diferentes tamanhos. Há no mercado, inclusive, caixas com cabides que facilitam o transporte de roupas. Use as grandes para coisas leves, travesseiros, cobertores, roupas, almofadas. Pode-se aproveitar para proteger objetos frágeis entre as cobertas. Não tire as roupas dos cabides, pois quando chegar na casa nova bastará pendurá-los. Nas caixas médias coloque as louças e utensílios da cozinha, agrupe cada conjunto em uma caixa, o que facilitar a arrumação depois. Nas caixas pequenas coloque os itens mais pesados e que poderão ser arrumados por último, como livros e objetos de decoração/arte. Numere cada caixa, descrevendo o que tem dentro e colocando o local onde deverá ser desfeita. Exemplo: Caixa 1 – Livros, Dvds, Cds – Estante – Sala de Estar
  • No dia da mudança seja pontual e cobre pontualidade da transportadora, lembre-se dos horários de mudança dos condomínios. Peça para alguém de confiança para seguir com os objetos e fique na casa para ver se nada ficou para trás
  • Monte um “kit sobrevivência” para a família. Coloque em uma mala um jogo de lençol e de banho, roupa de dormir e uma muda de roupa para cada membro da família, além de objetos de higiene pessoal. Pode-se incluir uma caixa para levar copos de plásticos, garrafas de água, pão de forma e outros itens para um lanche básico. Não esqueça os medicamentos, principalmente os que são de uso diário para que você possa tê-los à mão rapidamente se necessário
,

Boas energias começam no banheiro

Uma das melhores coisas quando estamos cansados e ou estressados é chegar em casa é tomar uma boa ducha que nos fará relaxar. Mas, para que essa sensação seja perfeita, as energias do nosso banheiro devem estar nos seus devidos lugares.

O banheiro é o vilão das energias negativas, o que faz com que muitas vezes fiquemos estressados além do limite e que nos faz ter a sensação que “as coisas não estão dando certo”.

banheiro

Se usarmos algumas técnicas do Feng Shui é possível neutralizar esse lugar proporcionando uma maior troca de energias. Agora veja as dicas para manter seu banheiro sempre com boas energias:

  • Deixe sempre a tampa do vaso sanitário abaixada, inclusive na hora do acionamento da descarga. Como o vaso é onde existe a maior quantidade de bactérias e germes, portanto as energias negativas estão mais presentes.
  • Coloque vasos de plantas e flores no banheiro é uma ótima opção, porque além de deixar o ambiente alegre, também ajudam a absorver as energias negativas;
  • Não deixe torneiras e registros pingando, além de ser um desperdício as energias também vão escoando pelo ralo;
  • Feche sempre a porta do banheiro para que as energias negativas não se espalhem pela casa;
  • Não deixe as toalhas úmidas penduradas coloque-as para secar no varal. Elas vão ficar com cheiro de mofo e muitas vezes começam a ter manchas escuras ocasionadas pela umidade. Quando tomamos banho a água que sai de nosso corpo nos limpa energeticamente ao escorrer pelo ralo;
  • Decore a bancada da pia com cristais, eles trazem energias positivas e ajudam a absorver as negativas. Eles devem ser lavados em água corrente pelo menos uma vez por semana para a retirada das más energias.
,

Divisão de compras

Na matéria que saiu na Quatro Rodas em junho, nossa especialista Heloísa Sundfeld analisa as novas formas de transportar suas compras. Veja na íntegra os organizadores de porta-malas que prometem por fim a bagunça.

Diferença entre House Organizer, Personal Organizer e Diarista

Três palavras, três profissões distintas e muita confusão.

Muitas pessoas não sabem distinguir uma da outra, o que faz com que na hora que precisam de uma profissional, para ajudar em sua casa ou escritório não sabem a quem recorrer. Vamos tentar definir cada uma para que no futuro não exista mais nenhuma confusão.

Diarista: Profissional que trabalha por dia e é contratada para fazer limpeza e eventualmente pode também lavar, passar e cozinhar.

House Organizer: Profissional que presta serviços para organizar todos os cômodos da casa.

Personal Organizer:  É a profissional que, além de organizar os cômodos da casa também treina os funcionários, ajuda na aquisição de objetos que possam estar faltando para que o trabalho, não só dela como também dos funcionários, seja agilizado. Organiza documentos, contas a pagar e pode também realizar o pagamento dos mesmos. Estando apta a ajudar a pessoa que a contratou em todas as suas necessidades.

Portanto, cada uma dessas profissões são diferentes e prestam serviços distintos.

,

O tempo e o valor de uma boa organização

Uma vez li um texto interessante que comparava o tempo a uma conta bancária com a seguinte característica: o saldo existente ao final de cada dia era zerado automaticamente.

Lembrando de uma brincadeira do tempo de criança percebi que sutilmente encerra o mesmo conceito e adaptando o texto às reflexões seria algo assim: se perguntarmos ao tempo quanto tempo o tempo tem ele vai nos responder que tem o tempo que tem. Nem um minuto a mais ou a menos. Para ninguém. E é inexorável. Passa e não podemos fazer nada quanto a isso. Simples assim.

Ter ou não ter tempo?

Recebemos – todos os dias – a mesma quantidade de tempo. Portanto – ter ou não ter tempo – é uma questão que não pode ser atribuída à quantidade de horas, no entanto está em nossas mãos empregar bem o tempo que temos. Já perceberam que tem gente que tem tempo para tudo e tem gente que nunca tem tempo? Se a quantidade de horas é mesma para todos, onde está a diferença?

Como seu tempo é empregado

A diferença está na maneira como o tempo é empregado. Na forma como nos organizamos para empregar o tempo que temos. Tem tudo a ver com organização. Organização da casa, das rotinas, dos ambientes, dos armários, dos arquivos, do escritório, da agenda… A falta de organização gera desperdício de tempo.

Nossa qualidade de vida está intimamente ligada ao tempo empregado nas diversas tarefas que são realizadas cotidianamente. No entanto, nem sempre nos apercebemos disso. Tem maior desperdício do que gastar tempo procurando por alguma coisa que não lembramos onde foi “guardada”? Esses são minutos, que se computados ao final de um mês, por exemplo, podem significar muitas horas perdidas.

O que fazer então

Quando sentir que está sem tempo, examine a organização do que está ao seu redor. Organize sua casa, as gavetas, os armários, as chaves, coloque tudo em seu devido lugar. Você vai se surpreender com o quanto de tempo “extra” uma boa organização pode gerar.

Sheila Collares
sheila.collares@personalassistant.com.br