Entrevistando numa boa.

Seguem algumas dicas para um roteiro simples para contratação de um empregado doméstico, buscando informações que lhe garantam saber se a pessoa entevistada se harmonizará com o perfil da casa e da rotina familiar de quem contrata.

Confira!

1.
Coloque no papel, o apanhado de todas as tarefas, hábitos e regras da casa. Isso evita saia justas tais como o radinho plugado numa rádio sertaneja dentro de uma família que não curte esse estilo. Ou ainda contratar alguém que cozinha bem fritando e salgando demais, numa família que curte assados, grelhados e uma comida mais saudável.
Parece besteira, mas tudo isso pesa, e muito, depois de um tempo.

2.
Escreva, também, o horário de entrada e saída, bem como previsão de folgas, benefícios e o salário. Tenha isso bem claro. De nada adianta contratar alguém pra chegar as oito da manhã no serviço, se terá que sair as cinco da matina de casa. Com o tempo, o cansaço irá interferir na produtividade; é humano. Idem para a relação de expectativa entre o salário pretendido e o oferecido.

3.
Peça, sempre, referências e faça checagem com os empregadores anteriores. Pergunte sobre detalhes que podem aparecer bem depois e lhe desagradar, tais como atrasos frequentes, resistência para executar ordens ou dificuldade para anotar recados de forma clara. Numa casa de profissionais liberais, por exemplo, é fundamental um empregado que seja flexível, pontual e se comunique bem.

4.
Se houver animais, criança ou idoso na casa, deixe claro qual o tipo de cuidado necessário e verifique se a pessoa já expressa algum desconforto logo na entrevista.

5.
Caso haja interesse real na contratação de um entrevistado, além de buscar um contador de confiança, faça um contrato de trabalho simples e direto, peça atestado de antecedentes criminais e pague por um exame admissional feito numa clínica especializada.
Isso irá poupar muita dor de cabeça na outra ponta do contrato: a demissão.
Caso tenha alguma dúvida ou queira uma orientação mais personalizada use o whatsap ou deixe aqui seu comentário. Teremos prazer em ajudar você!
Boa sorte!

.

Graça Seleghin

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *