,

Como organizar o canto de estudos das crianças

Compartilhe:
Share

Fonte: Morar Kallas
cantinho1

Ter um espaço dedicado ao estudo, mesmo que simples, é uma boa ideia para motivar as crianças a fazer a lição de casa. Munido de todos os elementos que precisa, o pequeno ou pequena ficará confortável e, principalmente, focado em seus trabalhos escolares.

Embora as necessidades variem, a mesa e a cadeira são itens básicos para o “escritório” do seu filho. Livros, revistas e utensílios de papelaria, como cadernos, canetas e lápis de cor também costumam povoar o ambiente, além de um computador, é claro. “Para acomodar todos estes objetos, o canto de estudos pode ter nichos organizadores ou prateleiras próximas, com fácil acesso aos garotos”, afirmou a arquiteta Maria Helena Torres.

A personal organizer Priscila Saboia, da empresa Reorganize, incrementa a lista, apostando também no uso de caixas plásticas e cestos para ajudar a manter tudo em ordem. “Quando você coloca cada coisa em seu lugar e a criança vai utilizando essa regrinha desde pequena, ela cresce mais organizada”, afirmou ela.

cantinho1
Móveis ergonômicos e que respeitam o tamanho da criança garantem o conforto na hora de estudar (fotos: divulgação / Maria Helena Torres Arquitetura e Reorganize)

Para crianças menores, a arquiteta recomenda acrescentar itens lúdicos, como um quadro com giz ou uma mesa com papel bobina encaixado na superfície.

Cuidados

Independentemente do nível da lição, o maior obstáculo de muitos jovens nas tarefas de casa é manter-se focado. E um erro comum que muitos pais cometem é escolher mal o cômodo onde ficará o centro de estudos.

Locais agitados, com acesso à televisão ou com passagem constante devem ser evitados. Brinquedos e videogames também são grandes inimigos neste ponto. Para Maria, o quarto muitas vezes é visto como o lugar ideal, já que, além do silêncio, também é o cômodo onde os pequenos se sentem mais seguros.

Peças desproporcionais ao tamanho do seu filho também costumam causar muitos problemas, e o desconforto pode dificultar seus estudos. “Escolha uma mesa com altura condizente com o tamanho da criança. A cadeira deve ser ergonômica. Escolha um abajur que proporcione uma claridade adequada, caso ele tenha que estudar quando escurecer”, alertou a Personal Organizer Heloisa Sundfeld, fundadora da HELP Personal Assistant.


Iluminação

cantinho2
Receber luminosidade natural é importante para o cômodo de estudos (foto: divulgação / Maria Helena Torres Arquitetura e Reorganize)

Outro detalhe que muitas vezes passa despercebido é a iluminação. Durante o dia, é importante contar ao máximo com a luz natural, tanto para economia quanto para o bem-estar da criança. Então, posicionar o centro de estudos próximo às vidraças é uma boa ideia para captar toda a força do sol. “A claridade deve vir pela frente ou pelo lado esquerdo dos destros ou direito dos canhotos a fim de evitar as sombras”, disse a arquiteta.

Já à noite, além da luz geral do cômodo, também é interessante criar um ponto de iluminação indireta, instalando uma luminária, por exemplo. O foco luminoso deve ser pontual e não muito forte.

Cores

Embora pareça um fator indiferente, a cor do quarto da criança também pode interferir em seu rendimento escolar. Para Renata Cáfaro, arquiteta, o ideal é usar cores neutras e claras, evitando o excesso de informações no ambiente. Maria concorda e indica o amarelo como cor ideal para o cômodo de estudos. “ Além de estimular o sistema nervoso central, este tom serve como um estimulante intelectual”, concluiu.

Foto de capa: divulgação /Maria Helena Torres Arquitetura

Compartilhe:
Share
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *