Desafio do Dia das Mães: dá para comprar presentes bons e baratos?

Compartilhe:
Share

Fonte: G1

G1 levou consultoras a dois shoppings para procurar opções de até R$ 50. Segredo é não ter vergonha de pesquisar em lojas caras. Clique aqui para ver o vídeo.

O Dia das Mães já é no próximo domingo (9) e a data pode pesar no bolso dos filhos que querem agradar na escolha do presente, mas têm sérias restrições orçamentárias. Será possível comprar um presente bonito e desejável de Dia das Mães gastando menos de R$ 50? O G1 lançou esse desafio a duas consultoras de compras que percorreram lojas e vitrines sofisticadas de dois shoppings em São Paulo em busca de opções bonitas e baratas.

A reportagem foi às compras nos shoppings Cidade Jardim e Villa Lobos, na capital paulista, com as personal shoppers Fernanda Resende, da Oficina de Estillo, e Heloísa Sundfeld, da Help Personal Assistant. Munidas cada uma de uma nota de R$ 50 e disposição para pesquisar, elas se surpreenderam com a variedade de boas aquisições possíveis e, ao fim, usaram o dinheiro para levar seus “eleitos” para casa.

O resultado do passeio trouxe uma reunião de sugestões criativas e de bom gosto para todos os perfis de mãe: relicários, cadernos, perfumes sólidos, acessórios modernos – itens que podem servir de inspiração nas compras em qualquer região do Brasil.

Sem vergonha

Para quem quer seguir o exemplo das consultoras e ‘garimpar’ shoppings para encontrar o presente para a mamãe, há algumas dicas. A principal é não se deixar intimidar pelas grifes estampadas nas fachadas das lojas e ir à luta.

“A pessoa não pode ter vergonha de entrar nas lojas caras e dizer: ‘eu gostaria de ver as opções de presente que vocês têm de até R$ 50’, que foi o que nós fizemos. Deu certo”, ensina Heloísa.

O importante é não perder a convicção mesmo diante de intempéries do varejo, como eventuais reações de espanto ou descrença por parte de vendedores das lojas de alto padrão diante da pergunta. “Tem que procurar”, diz.

Na opinião de Fernanda, da Oficina de Estilo, procurar em lojas finas e de grife é a opção mais recomendada para quem tem pouco dinheiro para gastar. “É melhor você ir a uma loja legal e procurar as opções que eles têm para vender nessa faixa de preço do que ir em um comércio popular e comprar um monte de besteirinhas”, diz.

Outra recomendação fundamental para não se deixar levar pela emoção e gastar mais do que se pode é fixar um preço limite e até separar a quantia a ser usada em cada presente antes de sair de casa, como fizeram as consultoras.

Compartilhe:
Share
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *