Cozinha de final de semana tem que ser prática. Viu, Cláudia?!

Compartilhe:

http://www.freepik.com”>Designed by Kstudio / Freepik
Compartilhe:

Entrevistando numa boa.

Compartilhe:

Seguem algumas dicas para um roteiro simples para contratação de um empregado doméstico, buscando informações que lhe garantam saber se a pessoa entevistada se harmonizará com o perfil da casa e da rotina familiar de quem contrata.

Confira!

1.
Coloque no papel, o apanhado de todas as tarefas, hábitos e regras da casa. Isso evita saia justas tais como o radinho plugado numa rádio sertaneja dentro de uma família que não curte esse estilo. Ou ainda contratar alguém que cozinha bem fritando e salgando demais, numa família que curte assados, grelhados e uma comida mais saudável.
Parece besteira, mas tudo isso pesa, e muito, depois de um tempo.

2.
Escreva, também, o horário de entrada e saída, bem como previsão de folgas, benefícios e o salário. Tenha isso bem claro. De nada adianta contratar alguém pra chegar as oito da manhã no serviço, se terá que sair as cinco da matina de casa. Com o tempo, o cansaço irá interferir na produtividade; é humano. Idem para a relação de expectativa entre o salário pretendido e o oferecido.

3.
Peça, sempre, referências e faça checagem com os empregadores anteriores. Pergunte sobre detalhes que podem aparecer bem depois e lhe desagradar, tais como atrasos frequentes, resistência para executar ordens ou dificuldade para anotar recados de forma clara. Numa casa de profissionais liberais, por exemplo, é fundamental um empregado que seja flexível, pontual e se comunique bem.

4.
Se houver animais, criança ou idoso na casa, deixe claro qual o tipo de cuidado necessário e verifique se a pessoa já expressa algum desconforto logo na entrevista.

5.
Caso haja interesse real na contratação de um entrevistado, além de buscar um contador de confiança, faça um contrato de trabalho simples e direto, peça atestado de antecedentes criminais e pague por um exame admissional feito numa clínica especializada.
Isso irá poupar muita dor de cabeça na outra ponta do contrato: a demissão.
Caso tenha alguma dúvida ou queira uma orientação mais personalizada use o whatsap ou deixe aqui seu comentário. Teremos prazer em ajudar você!
Boa sorte!

.

Graça Seleghin

Compartilhe:

SANTA LISTA DE AFAZERES: ORGANIZA OU AFOBA?

Compartilhe:

Se todos os dias da semana são como uma segunda-feira das bravas, que tal pensar em fazer uma lista de afazeres ou repensar a forma como faz a sua?

Listas podem trazer a paz da organização, e afastar o mal estar da afobação.
Para que sua lista seja amigável ao seu dia a dia, seguem três dicas úteis e sempre funcionais:

1.

Cada atividade demanda tempo e se torna ainda mais variável ao acontecer na dependência de outras pessoas e fatores, como uma ida ao banco, por exemplo, quando uma fila “daquelas” coloca seu planejamento a perder.
Sempre deixe um tempo extra entre suas tarefas.
Isso garantirá a funcionalidade da sua agenda diária e tarefas.

2.

Pense sempre no tempo de deslocamento entre um compromisso e outro. Use aplicativos para saber as melhores rotas, intensidade do tráfego e ter uma previsão sobre quanto durará o percurso.
Programando o deslocamento, atraso e correria ficarão de fora da sua programação,  tornando mais leve seu dia.

3.

Saiba dizer não, declinar e ficar no que é importante pra você, sua Família e o seu trabalho.
Se você faz o tipo que socorre todo mundo, fazendo as vezes de motorista ou braço direito: mude!
A não ser que alguém realmente precise de sua ajuda, fale não.
Ao vivermos a vida e os compromissos do outro, é certo que nos faltará tempo para viver nossa própria vida e assim não haverá lista ou proposta de organização que dê jeito.
E por fim, busque simplificar sua vida, sempre e em tudo.
Afinal, administrar o mínimo é bem mais agradável e fácil do que o excesso.
Boa sorte!
.
Graça Seleghin
Compartilhe:

Dia Internacional da Mulher

Compartilhe:
No pêndulo dos dias, oscila o humor, a garra, a força, mas ela mantém a fé.
Range a alma, mas ela continua.
Sorri a alma, e ela se empodera.
Seja o que possa acontecer, a alma feminina esta ao alcance de todas as possibilidades.
Camaleônica.
Absurda.
Dentro e fora.
Em todas as formas a Mulher é.
É a forma perfeita de Deus nos dizer que podemos continuar a vida, mudar o rumo e aprender todos os dias e mais e mais e ainda mais.
Feliz Ser Mulher!
Das meninas da Help pra você, porquê organizar também é um ato de amor (e de camaleonice).
Compartilhe:

DESAPEGA DA REDE!

Compartilhe:

“Combinado! Vamos nos encontrar no restaurante “x” pra colocar o papo em dia!”

 

E chega o tal dia, o tal momento entre os amigos e… heis que o celular atrapalha.
A rede social dissocializa. E todos robotizados e imersos na telinha, acabam desorganizando um dos maiores presentes da vida: conviver.
Então, na presença da família, dos amigos e de pessoas que você pode conviver de verdade, deixe o celular e as redes sociais de lado. Organize seu progresso como ser humano, convivendo pra valer com seu igual.
Conviva.
Celebre.
Seja real.
O emocional agradecerá e sua perspectiva de vida, também.
Abs!… ou melhor, um grande abraço!
.
Graça Seleghin

 

Compartilhe:

Bateu preguiça? Bata uns ovos, por favor.

Compartilhe:

©Freepik

Ok, chegou a tão aguardada sexta-feira e o que você mais quer fazer é… nada.

Nadinha de nada.

Cozinhar? Socorro!
Se bater essa onda de cansaço e a grana estiver curta, resista e bóra fazer uma omelete.
Sim, omelete.
Basicamente ovos (bem) batidos no garfo, salgados e que aceitam qualquer tipo de mistura, ficando incríveis em poucos minutos.
Da cebolinha verde picadinha, passando pelo queijo ralado de pacote até o frango desfiado que sobrou do almoço… é difícil algum ingrediente não combinar com esse ícone da praticidade.
Invente suas misturas e sirva um econômico, sensato, prático e zás-traz sorobô no jantar.
Antes de finalizar, segue mais uma dica: use a sua omelete como recheio de sanduíche, juntando a ela algumas folhas verdes e tomate. Assim a refeição fica completa com proteínas, carboidrato e saladinha.
Ah, e se a sua omelete não sair como esperado, respire fundo e a transforme em ovos mexidos, sem culpa e com muito sabor!
Arrisque-se no Google e minutos depois… voilà e bom apetite!
Finalizando, sugerimos experimentar omelete assada dentro do pão francês.
Achamos incrível e você encontra a receita completa no Blog Elo7, postada por Cristiane Oliveira, nutricionista e crafter para as lojas bacanérrimas “Flor de Cris” e “A Decoradeira”, ambas do charmoso portal de vendas Elo7.
Boa sorte!
.
Graça Seleghin
.
Confira a receita em:
Compartilhe:

Acabou a folia! Hora de recomeçar.

Compartilhe:
É verdade!
Nem adianta enrolar, o feriadão acabou!
Vida real chegando e é bom espantarmos duas coisas: desânimo e pavor.
Sim, pavor!
Pavor de recomeçar, da retomada da rotina.
O desânimo desacelera. O pavor, paralisa.
Tanto um quanto outro, acabam nos afastando do que a rotina tem de melhor que é a produtividade.
Então, dê um chega pra lá nessa vibe “rebordosa” de feriado e encare essa tarde de quarta-feira como a renovação das suas chances para muita coisa boa!
Crescer, aprender, renovar, virar o jogo, finalizar o que dói e colocar a casa, literalmente, em ordem e seguir em frente.
Faça acontecer!
Afinal, nada organiza mais a gente do que um olhar que vê um belo horizonte a frente, dando razão e vigor para o próximo passo e outro e outro… até a gente viver de felicidade.
Ação, que a emoção cuida do final.
Beijo e boa retomada.
Aliás, hoje eu vivo a minha e a compartilho com você.
Coragem.
.
Graça Seleghin
Compartilhe: