Posts

ESCOLHENDO A MALA

ARRUMANDO AS MALAS

 

Viagem de férias é sempre uma delícia.

Hora de se divertir, conhecer lugares novos, aproveitar os dias de descanso, e curtir todos os momentos. Todos, mesmos! Pois nem mesmo o ato de arrumar a mala deve ser desgastante.

Parece impossível? Pois uma especialista mostra que não. Com a ajuda de Heloisa Sundfeld, consultora da Help Personal Assistant, montamos um guia que vai transformar a árdua tarefa de arrumar as malas em uma atividade tranquila e prazerosa!

 

ESCOLHENDO A MALA

A escolha da mala depende basicamente, do tipo de viagem, ecoturismo ou aventura pede aquelas tipo mochilão ou sacolas, também indicadas para viagens de curta duração.

Os modelos mais quadrados e de material rígido são as melhores para não amassar as roupas, já que possibilitam colocar as peças esticadas. Esses modelos são adequados para vagens de avião.

“O peso da mala também deve ser considerado e, quanto mais leve, melhor”, aconselha a consultora.

AVALIAÇÔES

Pensar na época do ano e no clima do local da viagem é fundamental. É a partir daí que as roupas de frio ou calor serão selecionadas.

Avalie o destino e o ambiente. Praia, campo, resort, hotel fazenda, navio ou camping requer tipos e estilos diferentes de roupa.

E, finalmente, “Nada de levar uma mala enorme para um fim de semana, não é mesmo?” Leve em conta o tempo do passeio, pois isso influi diretamente no número de peças que irão na mala”, observa Heloisa.

FAÇA PERGUNTAS

O ideal é fazer uma separação prévia, colocando em cima da cama tudo aquilo que, em princípio, será levado. Dessa forma, já é possível ter uma ideia do volume das roupas.

“Após essa seleção, é hora de pegar cada peça e se perguntar: “Vou mesmo usar essa blusa?” Muitas vezes, pegamos por impulso, uma roupa de que gostamos muito, mas que não combina com nada do que estamos levando, ou com o lugar onde estamos indo”, explica a consultora.

Para evitar o exagero, é preciso ser racional e entender que o guarda roupa não pode ser transferido para a mala. “Leve, sempre peças que possam ser usadas com outras. Não caia na tentação de levar uma blusa que, alem de só combianar com determinada calça, chama muito a atenção! Isso fará com que você não queira repeti-la”, orienta.

SIGA A ORDEM

Segundo Heloisa Sundfeld, é preciso arrumar a mala de acordo com o peso do que será colocado. “Se os sapatos não foram levados em uma sacola separada, coloque-os no fundo da mala, assim como tudo o que for mais pesado. Um livro ou uma nécessaire, por exemplo”, comenta.

A seguir, a sequência considera aquilo que amasse pouco.

“Nas roupas comece pelos jeans. Depois, tudo o que amassa menos é colocado em baixo, até chegar às peças mais delicadas, como camisa, saia ou outras roupas finas”, detalha.

APROVEITE OS CANTINHOS

E a mala for arrumada com cuidado, o espaço pode ser totalmente utilizado, incluindo os cantinhos. “Devemos ir aproveitando os vãos que sempre ficam entre os sapatos e outros acessórios, para colocar peças pequenas. Desse modo, além de economizar espaço, também estamos deixando sempre a mala plana, o que fará com que sua roupa amasse menos”, ensina a consultora da Help Personal Assistant.

CRIATVIDADE JÀ

Para Heloisa, é importante usar a criatividade na hora de coordenar as peças. “Se vai a praias passar cinco dias não há necessidade de levar cinco biquínis, por exemplo. Leve três que combinem entre si. Desse modo, você conseguirá fazer seis combinações diferentes. O mesmo vale para as roupas calcule um conjunto para cada dia, faça variações na hora de unir as peças”, sugere.

As chamadas “peças chave” são indispensáveis. “O jeans é um ótimo exemplo de curinga. Pode ser usado com uma camiseta para dar uma volta durante o dia, ou para sair à noite, acompanhado de uma bela blusa”, explica a consultora, que exalta a importância dos acessórios. “Além de ocupar pouco espaço, bijuterias, lenços, echarpes ou pashminas são ótimos para muda o visual”.

Para economizar espaço, embalagens grandes como as de xampu, também podem ser substituídas. Utilize recipientes menores que comportem o produto de maneira suficiente para alguns dias.

NÂO SE ESQUEÇA

Fazer uma lista antes de arrumar a mala ode ser útil na hora de conferir se alguns itens básicos não foram esquecidos. Segundo Heloisa, uma única lista básica pode servir para várias viagens.

“Existem itens básicos de qualquer viagem que, muitas vezes acabamos esquecendo, como escova de dentes e o protetor solar. Para que isso não aconteça, o melhor é fazer uma lista com o que é levado sempre e deixar dentro da mala que mais usamos. Assim, não é preciso fazer uma lista nova a cada viagem”, esclarece.

Para não esquecer de nada, vale visualizar as diferentes situações da viagem, e o que será preciso em cada uma delas. “Após separar a roupa, podemos fazer as seguintes perguntas: “Para dormir, o que vou precisar? E ao levantar? No banho? Na piscina? Na caminhada? E assim por diante”.

Cada pessoa tem sua própria lista de acordo com seus gostos e costumes. “Com essa checagem, fica quase impossível se esquecer de alguma coisa”, garante a consultora.

MALA DE MÂO

Na mala de mão só deve evitada em viagens de ônibus. “Nesse caso, quanto menos coisa se carregar, melhor”, afirma Heloisa.

No caso de avião, a mala de mão é indispensável e deve conter uma muda de roupa para eventuais imprevistos.

“Sempre existe a possibilidade de extraviarem a mala ou do avião não sair no dia. Desse modo, você terá, pelo menos como tomar banho e trocar de roupa”, comenta.

Colocar os sapatos na mala de mão no caso de viagens de carro é uma ótima dica. Isso vai fazer sobrar mais espaço para as roupas na outra mala.

HORA DAS CRIANÇAS

A mala dos pequenos também merece atenção, já que elas costumam se sujar bastante, a consultora a dica para evitar um número muito grande de roupas para os baixinhos.

“Procure levar peças que se houver necessidade, você possa lavar na pia do banheiro e deixar secar no box. Roupas de tecidos leves são o ideal”, orienta.

Principalmente no caso de meninas, o importante é fugir das roupas muito elaboradas. “Esqueça as peças delicadas e que provavelmente, vão chegar amassadas. Sua filha vai acabar não usando”, afirma Heloisa Sundfeld

Ao arrumar as malas não esqueça dos brinquedos das crianças. Leve papel, lápis de cor, tesoura, cola e livros seja para ler ou pintar.

 

Faça as malas

Nada de levar todo o guarda-roupa na viagem. Saiba o que não pode faltar e como organizar cada item na bagagem.

Antes de tentar levar todo seu guarda-roupas para a viagem, responda a três perguntas: para onde você vai, por quanto tempo vai viajar e se vai a negócios ou a passeio. “Arrumo qualquer mala em uma hora”, diz Heloisa Sundfeld, especialista em organização doméstica. Primeiro, espalhe as peças que quer levar sobre a cama e eleja duas ou três básicas, de cores neutras e sem estampas, para fazer as combinações com elas. Quebre a monotonia com acessórios bem coloridos e uma peça única – um vestido, por exemplo – mais estampada. Camisa branca, vestido preto e calça jeans são os eternos curingas, presentes da montanha ao mar. Para não esquecer nada importante, mentalize como será seu dia, do momento em que acordar até a hora de dormir, e vá pensando em todos os objetos e roupas que você vai usar ao longo das 24 horas. E boa viagem.

Cada coisa em seu lugar

Toalha
Coloque a toalha no fundo da mala, com metade para fora. Quando terminar de arrumar a mala, dobre-a envolvendo as outras roupas, para que as peças não amassem demais;

Nécessaire
Encaixe o nécessaire no fundo ou nas laterais. Coloque os frascos que podem estourar ou vazar em um saco plástico;

Pijama express
Se for chegar ao destino à noite, é bom colocar o pijama por último, para que esteja à mão na hora de desfazer as malas;

Cuidado: frágil
Camisas e roupas delicadas ou que amassam ficam por cima;

Extra! Extra!
Não se esqueça de deixar um espaço na mala para trazer eventuais compras e presentes. Nada de abarrotá-la com roupas;

Sapatos
Sapatos vão nas laterais, com os solados voltados para a parede da mala. Aproveite o interior dos calçados para colocar meias, cintos e peças enroladas;

Roupas volumosas
Casacos, malhas e calças vão por baixo, para que o peso das outras roupas ajude a compactá-los. Em seguida, coloque as roupas que amassam menos;

Que mala!
Sua mala precisa ser facilmente reconhecida. Se não for de cor vibrante, como amarelo, verde limão ou vermelho, amarre fitas coloridas nas alças

Dicas

PARA DESAMASSAR: Se a roupa chegar muito amarrotada, pendure em um cabide e coloque no banheiro: o vapor do chuveiro ajuda a desamassar boa parte dos tecidos
PARA NÃO MANCHAR: Se for usar sacos plásticos para separar calçados ou algo que possa vazar, use embalagens que não tenham nada impresso: quando molhada, a tinta da sacolinha pode manchar as roupas
PARA PEÇAS DELICADAS: Evite tecidos que amassem muito, como linho, e peças com muitas pregas, que precisam ser passadas antes do uso. Dê preferência a materiais que não amassem, como modal e viscolycra

 

Malinha de mão

Com ela, se sua mala extraviar, você terá como se virar por um dia. O peso máximo da bagagem de mão é de 5 kg. Em vôos internacionais, vários aeroportos, incluindo os brasileiros, só permitem líquidos em frascos de até 100 ml.

O QUE LEVAR:

  • voucher dos hotéis e passeios (leve cópias na mala principal)
  • passagem aérea e seguro-viagem
  • passaporte (anote o número à parte, para o caso de perder o original)
  • carteira de motorista, cartão de crédito e cheques de viagem
  • agenda telefônica, bloquinho de anotações e caneta
  • mininécessaire com escova, pasta de dentes e desodorante